Como orçar um intercâmbio sem ficar louco?

Como orçar intercâmbio sem ficar louco?

Na hora de orçar uma viagem como essas é muito importante você não ter vergonha, ser paciente e ficar muito atenta. Quando ligar para a agência de viagens, pergunte tudo que você quiser saber. Não tenha medo, nem vergonha, acreditando que está sendo inconveniente. Não se preocupe, afinal, os atendentes estão lá para isso mesmo. Além disso, é você quem vai viajar e se ficar com alguma dúvida quem pode entrar numa roubada e sofrer as consequências é você mesma.

Eu decidi fazer o que faço quando orço minhas produções para clientes indecisos e que tem pouca verba (o que aqui era totalmente o meu caso, né?!). Pedi várias opções de orçamentos e analisei tudo com calma. Se você não for muito organizado e atento, cuidado! Pois quando se pede muitas opções e para muitas agências, a probabilidade de passar um erro despercebido e você se dar mal é enorme.

Portanto, assim que receber os orçamentos verifique um por um para checar se estão conforme solicitado. Para não ficar tão maluca (não vou mentir para você um pouco você vai ficar sim! hehehehe), planeje com bastante antecedência. O ideal é montar uma planilha no excel, traçando um comparativo entre os orçamentos, listando também os prós e contras de cada um.

No meu caso foram 3 meses de orçamento e pesquisa, mas mesmo assim tinha dias que eu ficava muito irritada e cansada de tantas contas, valores, planilhas, papéis, dúvidas, inseguranças… Quando isso acontecia eu dava um tempo, ia me divertir um pouco e depois menos estressada, eu retomava. Tenha sempre em mente o seu objetivo e lembre que tem um lindo mar azul te esperando por lá.

Faça isso também e você vai ver que no final tudo dá certo. Ah! E o melhor sem você precisar arrancar nem um fio do seu lindo cabelo.  😉

Anúncios
Deixe um comentário

3 Comentários

  1. Priscilla

     /  dezembro 5, 2012

    Ai, Caroline, tow exatamente nessa parte chata. Faz um ano que pesquiso e entro em contato com escolas de vários lugares. Já descartei EUA (pq nao quero mesmo), Canada e atualmente tow pesqusando Irlanda. Mas, essa historia de ter muitos brasileiros la me incomoda.
    O fato é q la posso trabalhar e não torrar toda a minha economia no intercambio.
    Sei que alguns empregadores fazem vista grossa e contratam estrangeiros pra trabalhos que os nativo não querem. isso rola com muita frequencia?
    Não penso em ir pra Malta me garantindo nisso, mas seria bom conseguir algo.
    Trabalho como editora de video no Brasil e sei que não conseguiria mesmo nada na minha area. Mas, manicure, depilacao, farconete e cleaner eu faço feliz!
    Vc é produtora?

    Parabens pelo seu blob.

    Priscilla

    Responder
    • Oi, Priscilla, pois é, esse negócio de vista grossa rola sim por lá. Vi alguns brasileiros trabalhando em baladas, restaurantes. Comparado à Irlanda, eles pagam pouco. Não conheci um brasileiro q estudasse e trabalhasse ao msm tempo. Sem ser bico. Soube de algumas histórias de muitos que tinham parado de estudar pra trabalhar.
      Sei lá, eu particularmente sou medrosa pra essas coisas. Não ia conseguir viver numa boa achando q tô fazendo algo fora da lei e podendo ser deportada a qq momento.
      Eu fui produtora durante mtos anos, mas esse ano mudei pro planejamento. Hehehehe Vc é editora? Que legal. Comecei em produção, querendo edição, fiz animação em after, mas no final desisti. Hehehehe Vc faz freelas? Mora em SP? tem um repertório pra me mandar? 😉
      Bom, qq dúvida, tô por aqui. Bjo

      Responder
  2. Priscilla

     /  dezembro 11, 2012

    Pois é, a única coisa que me faz não ir pra Malta é não ter autorização pra trabalho… E Irlanda, vc conhece alguém que tenha estudado lá? Fiquei com medinho de ir pra lá depois que li sobre os knackers…
    Quanto ao portfólio até tenho, mas ta bem defasado (sem tempo de atualizar). Uso o finalcut pra montar, no after só faço coisas básicas. Atualmente, tow fixa em uma produtora em Recife. Se der a louca e for pra SP, te envio um material! :p
    Mas, por enquanto, quero investir nesse curso de inglês e depois algo especifico na minha área, mesmo que seja um curso de curta duração.
    Vamos mantendo contato.
    bjs e adorei teu blog! 😉

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: