Tem brasileiros em Malta?

brasileiros em malta

Essa foto eu tirei numa festa brasileira que aconteceu em abril/2011, no bar Native.

Como diria Selton Melo no filme Jean Charles, “a brasileirada aqui é que nem gremlins, se jogar água nasce mais uns 300”. hehehehehehe Segundo o ator, essa frase não fazia parte do roteiro e nunca foi dita pelo brasileiro morto pela polícia britânica em 2005. A frase surgiu de uma brincadeira espontânea do ator e foi usada no filme. Apesar dessa história ter sido em Londres, ela se encaixa perfeitamente em Malta. E acho que a qualquer lugar do mundo, né?! Por isso, esqueça se ouvir por aí que em Malta não tem brasileiros. Pois tem sim. Tem de estudantes a trabalhadores, de jogador de futebol a capoeirista, tem brasileiro legal, chato,ops ilegal. hehehe Tem expatriado e com dupla cidadania. Tem os que amam morar lá e, pasmem!, tem até quem odeie. E depois que você encontrar um, eles vão aparecendo aos montes. Não se espante! É verdade, que nem se compara com a quantidade de espanhóis que procuram a ilha, principalmente no verão, mas de vez em quando você vai ouvir alguém papeando em português. E apesar de Portugal estar muito mais próximo, a chance de ser brasileiro, é bem grande também. Por outro lado, se comparado a outros destinos de intercâmbio ou de turismo, Malta ainda não é tão popular.

Por isso, aqui vai um conselho. Calma, eu não vou vir com aquele papo de “fuja de brasileiros, como o diabo foge da cruz”. Acho bobagem fazer esse terrorismo, pois na prática não funciona assim. Fiz grandes amigos brasileiros em Malta com os quais dividi essa experiência maravilhosa. E isso não prejudicou meu rendimento. Você vai ver que todas as outras nacionalidades também se juntam com seus conterrâneos. Isso é normal. É tanta mudança e novidade que bate saudade do nosso país e nada como estar com quem nos compreende melhor. É como vir até o Brasil de vez em quando e voltar pra Malta. PORÉM, tenho algumas ressalvas quanto a isso.

Com alguns dos brasileiros que se tornaram amigos muito especiais no Isle MTV 2011 (bandeira do Brasil) e comemorando meu aniversário com churrasco, bolo e brigadeiro surpresa (bandeira de Malta). Coisas que amigos brasileiros fazem por você. =)

Não fuja dos brasileiros, fale inglês com eles.

A primeira delas é evite formar grupinhos só de brasileiros. O ideal é ter um grupo mesclado. Assim vocês se forçam a falar só em inglês. Tive uma turma de amigos alemães que só conversavam em inglês entre eles, não importava se estivessem sozinhos ou com qualquer outro estrangeiro por perto. Mas isso exige disiplicina e boa vontade de todos. Não era o caso dos franceses, coreanos, russos, turcos, espanhóis, assim como de muitos brasileiros que conheci. Como não é meu estilo fazer a brasileira antipática e antisocial, resolvia isso sempre convidando um gringo para estar comigo e meus amigos brasileiros. Assim, mesmo que eles falassem português, eu ficava de tradutora para os que não eram brasileiros. E sendo bem sincera, mesmo que eu quisesse fugir dos brasileiros, seria impossível, pois na minha escola havia vários e com isso, nossos amigos gringos eram os mesmos, frequentávamos os mesmos lugares e até estudávamos na mesma sala… Por isso, na minha opinião, a melhor dica não é fuja dos brasileiros, como muito se fala por aí, mas evite falar português com eles tendo um gringo sempre por perto.

Pague mais caro, mas não more com brasileiros

O grande problema de ter amigos brasileiros durante um intercâmbio, é cair na tentação de morar com eles. E isso você pode evitar. As vantagens de se morar com brasileiros são grandes, eu sei. É muito mais fácil, mais cômodo, etc. E morar com um gringo é um desafio e um aprendizado constante. Primeiro, pois a convivência não é fácil. Imagine o que foi para mim, que aqui no Brasil já morava sozinha e tive que reaprender a dividir meu espaço? E pra piorar com uma russa que de início eu não tive a menor afinidade e era 10 anos mais nova que eu! O que a princípio parecia um problema, com a convivência, se transformou em um benefício. Ela se tornou minha amiga e me ajudou muito na minha rápida evolução no idioma, pois além de tudo ela era dois níveis acima do meu. Ela e a venezuelana, que depois veio morar com a gente. E detalhe, mesmo eu sabendo falar espanhol, nós só conversávamos em inglês. E isso valia para qualquer outro amigo que falasse espanhol.

Dessa forma, eu era obrigada a me comunicar o tempo todo em inglês. O que ajuda pra caramba no vocabulário e no famoso pensar em inglês. Você aprende até a discutir em inglês, pois vira uma família mesmo. E toda família tem seus arranca rabos, né?! Assim, a segunda dica que tenho é: não more com brasileiros, nem se for a opção mais barata de acomodação que encontrar, pois esta não será a melhor opção custo x benefício para o seu aprendizado do inglês.

Evite o “.com.br”

Se a ideia é você ter o menor contato possível com o seu idioma nativo, o que dizer sobre a internet e o bate papo com seus amigos que ficaram no Brasil? Antigamente, quando um alguém ia fazer um intercâmbio, o contato era por carta e por telefone. Como as ligações eram caras, o intercambista ficava praticamente incomunicável. Com a popularização da internet, surgimento de redes sociais, smartphones e tablets matar a saudade de quem amamos e está longe ficou muito mais fácil. Por isso, devo lembrá-los que você deverá se disciplinar para não passar horas papeando com seus amigos em português e lendo notícias em sites brasileiros. Claro que de vez em quando, não faz mal a ninguém, muito pelo contrário é uma dádiva e nos dá força para continuar lá. Sei muito bem do que estou falando, por vivi isso na pele. Sou viciada em informação e tecnologia. Adoro estar conectada. E fico 24h por conta dos aplicativos no meu celular. No início, sempre que acontecia alguma novidade, eu corria pra contar pros meus amigos. Aos poucos fui diminuindo isso e aprendendo a lidar com essa minha necessidade. Sites em português foram banidos da minha vida. Atualizações de status no Facebook passaram a ser em inglês, até por que era uma maneira de treinar e deixar meus novos amigos por dentro também. Mudei o idioma de todas redes sociais que participo e até mesmo do meu celular para o inglês. Quando estiver por lá, fique atento a isso também, pois não adianta você evitar falar português com os brasileiros que estão em Malta, se você o fizer constantemente com os que estão no Brasil.

Vale sempre lembrar que aprender um outro idioma, bem como o grau de evolução, está muito relacionado a facilidade que cada um tem ou não para o aprendizado e mais uma porção de outros fatores. Essas são apenas algumas dicas que, na minha opinião, podem te ajudar a ter um melhor aproveitamento da sua imersão durante um intercâmbio.

Mas vou adorar saber o que você acha, o seu ponto de vista! Você já fez ou conhece alguém que fez um intercâmbio? Conte pra gente como foi essa experiência ao encontrar outros brasileiros no exterior. Como você lidou com isso? Acha que isso prejudicou seu desempenho? Deixe a sua opinião aqui nos comentários. 😉

Anúncios
Deixe um comentário

3 Comentários

  1. Eloana

     /  julho 23, 2012

    Carol,

    É deixar um pouco desiludida saber que tem bastante brasileiro assim lá, o que as escolas fazem propaganda é justamente o contrário…rsrsrsrs…mas ótimas alternativas!!!!
    Adorei

    bjos

    Responder
    • É verdade, Eloana. Um dos motivos que decidi falar sobre isso aqui no blog foi para desmistificar um pouco esse assunto. A maneira como as agências e escolas vendem Malta como um local sem brasileiros não é tão real assim. De qualquer maneira, ainda assim é uma ótima opção para quem quer estudar inglês. Nem todas as escolas tem tantos brasileiros assim. E nem na Clubclass é sempre que tem um monte assim. Tem um pouco de sorte ou azar nessa história. Que bom que gostou! =) bjo

      Responder
  2. Rodrigo Rodrigues

     /  fevereiro 12, 2013

    essa foto vcs segurando a bandeira de malta foi eu que tirei esse dia foi muito bom esta na companhia de vocês que lembrança muito saudade forte abraço e sucesso

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: